Expedição mostra fotos de bichos que ninguém nunca viu antes na floresta amazônica

CompartilheShare on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on Twitter0

Cientistas ficaram seis meses na floresta amazônica da Guiana, produzindo um documentário para a BBC, chamado Lost Land of the Jaguar (Terra Perdida do Jaguar, em tradução literal).

Uma expedição na floresta amazônica da Guiana descobriu duas espécies de peixes, uma de sapo e vários tipos de morcegos que podem nunca ter sido catalogadas.Expedição mostra fotos de bichos que ninguém nunca viu antes na floresta amazônica

Um pequeno peixe listrado, que foi capturado próximo do acampamento da expedição, pode ser uma das espécies nunca antes catalogadas.

A outra espécie, segundo a BBC, seria um pequeno peixe-gato parasita, que foi encontrado nas escamas de outro peixe-gato:

“Em pouco tempo, nós capturamos centenas de espécies, 10% das quais podem ser novas para a ciência. Era irreal, inacreditável”, disse o zoólogo George McGavin, um dos apresentadores do documentário.

“Pegá-los é a parte fácil, a parte difícil é voltar para o laboratório e examinar as espécies, comparando-as com as coleções e os livros – vendo se elas são novas para os cientistas. Uma hora de trabalho de campo pode significar centenas de horas no laboratório.”

Encontraram também e filmaram uma sucuri, a cobra mais pesada do mundo, que McGavin, comparou como “uma pilha de pneus de tratores”. Além disso,filmaram e fotografáram a maior espécie de águia do mundo.

Veja algumas fotos que ninguém nunca viu antes

CompartilheShare on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on Twitter0

Olá, o que acha disso?