A criança, seus direitos e deveres

Autora: Fátima Rezende Naves Dias
Co-autores:Gláucia Costa Abdala Diniz; Marta Regina Alves Pereira; Liliane dos Guimarães Alvim Nunes; Lucianna Ribeiro de Lima

Dados da Aula

O que o aluno poderá aprender com esta aula

Estrutura Curricular

Modalidade/Nível de Ensino: Ensino Fundamental Inicial
Componente Curricular: Ética
Tema: Respeito mútuo

1. Conhecer e refletir sobre os direitos e deveres da criança;
2. Reconhecer e diferenciar os direitos dos deveres da criança;
3. Refletir sobre o papel de cada aluno nos diversos espaços sociais;
4. Propor ações baseadas nos direitos e deveres que visem o bem-comum, o respeito mútuo e a solidariedade.

Duração das atividades

Duas aulas de 50 minutos

Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno
Estratégias e recursos da aula

Comentários para o professor:

Professor, para a realização desta aula, será necessário preparar o material com antecedência. Para a “Brincadeira com Balões”, você deverá providenciar uma quantidade de balões coloridos superior ao número de alunos, pois pode acontecer de algum balão estourar no momento em que os alunos soprarem para enchê-lo de ar. Deverá também recortar o papel em tiras contendo palavras referentes aos direitos e deveres da criança (ver sugestão das palavras abaixo). Cada tira de papel, com as palavras escritas, deverá ser dobrada e colocada dentro de um balão vazio.

Sugestão de palavras sobre os direitos e deveres da criança: Ser Tolerante; Ser Responsável; Moradia; Assistência Médica; Amor; Receber Proteção Especial; Respeitar; Ser Cordial; Estudar; Educação Gratuita; Lazer; Cooperar; Fazer Tarefas; Cuidados Especiais; Colaborar; Cumprir Horários; Brincar; Pesquisar; Ler; Aprender; Participar; Comprometer-Se; Interessar-se; Igualdade; Liberdade; Dignidade; Ter Um Nome; Escola; Nacionalidade; Alimentação; Compreensão; Segurança; Cuidar Do Espaço Físico; Amizade; Justiça; Solidariedade; Companheirismo; Cuidar do Material Escolar; Ser Organizado… e outras.

Para o trabalho de classificação das palavras, você deverá confeccionar 2 (dois) pequenos cartazes com as palavras: DIREITOS e DEVERES.
Com estes materiais em mãos, você poderá dar início à sua aula. Bom trabalho!

Momentos da aula:

1° Momento: O professor deverá iniciar a aula propondo aos alunos uma “Brincadeira com Balões”. Cada aluno poderá escolher um balão de sua cor preferida para brincar, utilizando para isso as várias partes do corpo e explorando os diversos espaços da sala. (Professor, você poderá sugerir aos alunos que tentem brincar com os balões utilizando apenas uma das mãos, em um outro momento, só a cabeça, depois os pés, os ombros, os cotovelos, os joelhos…). Após um tempo da brincadeira, o professor pedirá aos alunos que formem duplas e que juntos, descubram outras formas de brincar com os respectivos balões. Depois, solicitará que uma dupla se junte a outra e que o grupo, agora formado, brinque criativamente. Aos poucos, o professor vai ampliando os grupos, até formar novamente um grande grupo, com todos os alunos da sala. Passado um tempo, ele deverá pedir a cada aluno que estoure seu balão e que pegue para si, o papel que dele cair.

2º Momento: Sentados em círculo, cada aluno deverá fazer a leitura da palavra escrita em sua tira de papel. Depois da leitura, os alunos serão convidados a pensar sobre o que cada palavra quer dizer. Nesse instante, o professor poderá abrir espaço para a expressão do pensamento, para a troca de sentidos e significados das palavras, para os vários depoimentos e relatos de experiências de histórias de vida relativas às palavras.

3º Momento: Em seguida, o professor deverá solicitar aos alunos que descubram formas de organizar as palavras, agrupando-as por suas semelhanças, separando-as por suas diferenças, ou formando conjuntos que se complementam, enfim, que descubram modos diferentes de classificá-las, justificando os vários critérios utilizados por eles. (O professor fará o registro na lousa dos critérios utilizados pelos alunos, pois são várias as possibilidades de classificação das palavras. Esse registro permitirá ao professor realizar um trabalho de auto-estima com os alunos, na medida em que valoriza seus diversos modos de pensar. Os alunos poderão se descobrir como sujeitos reflexivos, criativos, ativos cognitivamente, produtores de conhecimento). Dando continuidade ao trabalho, o professor deverá lançar a seguinte questão para os alunos: Como seria formar apenas 2 (dois) conjuntos/grupos com todas as palavras? Quais palavras fariam parte de um co njunto e quais pertenceriam ao outro conjunto? O que elas têm de semelhanças entre si e em que elas se diferem? Que nome daríamos ao primeiro conjunto de palavras? E ao segundo conjunto? Após as tentativas de negociação das idéias para a classificação das palavras e de nomeação dos conjuntos, se os alunos não chegarem ao resultado final esperado pelo professor, este deverá apresentar os dois cartazes com as palavras: DIREITOS e DEVERES para que os alunos busquem esse critério de classificação das palavras, para a formação dos conjuntos.

Crianças direitos e deveres

4º Momento: Formados os conjuntos, caberá ao professor informar aos alunos que toda criança tem direitos e que esses direitos são garantidos por lei (Ver sugestão de vídeo sobre os Direitos da Criança no item Recursos Complementares). Deverá também levar os alunos a refletir sobre os deveres da criança, pois se as crianças têm direitos, certamente têm deveres. Diante disso, deverá explicar que esses deveres não estão escritos em nenhuma lei e, por isso, criamos as normas de conduta, as regras, “o que vale e o que não vale” na sala de aula, na escola, nas nossas famílias e nos vários espaços sociais. Após este momento, o professor deverá abrir um debate sobre as questões: Os direitos da criança estão sendo respeitados? Tenho cumprido com os meus deveres em casa, na escola, na vizinhança, no clube, na igreja, na rua, nos parques e outros lugares que frequento? Como seria viver a vida sem nenhuma obrigação, sem nenhum dever?
Buscar respostas para essas e outras questões, é um excelente exercício de cidadania, ética, respeito mútuo e solidariedade.

5º Momento: Como tarefa de casa, o professor deverá propor aos alunos que respondam, por escrito, a seguinte questão: “Quais poderiam ser minhas ações para tornar mais agradável e respeitosa a minha convivência com as outras pessoas?” Na próxima aula, abrir espaço para a socialização das respostas dadas à questão pelos alunos e, em seguida, elaborar uma síntese com as ações sugeridas pelo grupo.

Recursos Complementares

Professor, nesta aula você poderá utilizar um vídeo produzido por crianças de uma escola portuguesa, que traz o texto e a ilustração de cada princípio da Declaração dos Direitos da Criança, acessando o sítio http://www.youtube.com/watch?v=nEVRNxpb3ZQ&NR=1

Como recurso para ampliar o debate sobre os deveres da criança, visite o sítio http://www.plenarinho.gov.br/cidadania/direitos-e-deveres/folder.2006-07-10.5293010849 Nele você encontrará sugestões referentes aos deveres para com a família, com a escola e com o país. É importante que se trabalhe com estas sugestões de forma crítica e reflexiva, relacionando-as com as vivências cotidianas dos alunos.

Avaliação

A avaliação deverá ser contínua, processual, diagnóstica.

Auto-avaliação dos alunos (oral ou por escrito): Participação individual e grupal nos momentos da brincadeira com os balões, de classificação das palavras e do debate sobre as questões propostas pelo professor.

Avaliação dos alunos pelo professor: Envolvimento e participação dos alunos na brincadeira, na atividade de grupo (classificação) e nos debates. O professor deverá verificar se os alunos conseguiram reconhecer e diferenciar os direitos dos deveres da criança e se, na tarefa de casa, fizeram propostas de ações visando uma convivência mais respeitosa e solidária entre as pessoas.

VOLTAR

Olá, o que acha disso?